abril 29, 2008

[ a ti, meu amor ]

[ 30 de Abril ] Parabéns, meu amor! Por mais 1 ano de vida.

Este, o primeiro que passamos longe, mas o primeiro que passas mais junto de mim, porque tu sabes, nós sabemos que a distância é uma mera ilusão e estás sempre por perto. Melhoras-te a cada passar de mes, a cada passar de ano.
O teu sorriso é cada vez mais honesto, o teu ombro é cada vez mais generoso. Tu sabes, nós sabemos que fomos programados para nos cruzarmos nesta e em outras vidas, mas foi nesta que nos foi dada a real oportunidade de vivenciarmos aquilo que tínhamos em dívida.
Vivamos então esta oportunidade com toda a sabedoria que nos caracteriza.
Tenho orgulho por aquilo que és e por aquilo que lutamos sempre de mãos dadas com os olhos no ontem, no hoje e no amanhã.
Te amo de paixão, para todo o sempre.. até que esse sempre dure.

abril 28, 2008

[ inspirações ]

Há pessoas, há momentos, há livros, há músicas que me inspiram.
A história deste homem inspirou um filme e este "The Pursuit of Happyness" me inspirou a mim também. Já o vi há algum tempo e foi dos que mais me marcaram, pela sua história, pela sua verdade e pela sua paixão. Também entendo que isto só pode mesmo acontecer num país como a América, mas também prova que a preserverança é a aliada dos vencedores, sejam eles quais forem. Porque nunca se é demasiado grande para aprender, nem extremamente pequeno para se ensinar. A vida, ela sim é uma escola em constante mutação.

abril 23, 2008

[ Magical Pieces ]


[ Atingir a serenidade ]

"O primeiro passo para conseguir algo é desejá-lo."
Madre Teresa de Calcutá

Ela, que mudou de plano, mas continua bem viva nas mensagens tão belas e ricas que nos deixou.
Ela, que amou como poucos amam. Não amou pela quantidade do que recebia, mas pela qualidade dos sorrisos que saiam da boca dos que abençoava com um carinho.
Madre Teresa foi uma das grandes mulheres que passou pela terra e nos deixou um enorme legado de como viver sem nada ter, mas possuindo a maior das riquezas, amar sem nunca perguntar quem foste, mas quem és hoje e agora. Sem roupa, sem comida, sem nada..ela amou aqueles que mesmo desprovidos de tudo lhe davam tanto..
O verdadeiro AMOR.
...........................................

"Às vezes, as pessoas se perguntam de onde vem a expressão de serenidade que caracteriza as feições de alguns sábios. Simplesmente, do facto de que eles conseguiram vencer o medo de perder qualquer coisa.Eles se elevaram até o vértice onde sentem que, dentro de si, existe algo indestrutível e que não lhes pode ser tirado.Seja o que for que lhes acontecer, um verdadeiro sábio sabe que a única realidade - nele mesmo e em todos os seres - é o cume inacessível ao mal e protegido de todas as atribulações: o espírito, a centelha que Deus transmitiu à criatura humana.Mas como chegar lá em cima? Trabalhando consigo mesmo, purificando os seus pensamentos e sentimentos, com o objectivo de dissolver aos poucos as camadas opacas que nos separam dessa centelha e nos impedem de sentir que ela é a única realidade. Aquilo a que a religião chama de «Providência» deriva da certeza, radicada em alguns seres que viveram essa experiência, de que algo neles está absolutamente seguro e escapa a todas as vicissitudes.

"Omraam Mikhaël Aïvanhov

abril 16, 2008

[ Magical Pieces ]

Livros.. livros.. livros.. livros.. ontem, hoje e amanhã.
De todo, uma das minhas grandes paixões. Se não talvez a maior! Com eles, subo e desco montanhas, vou ao mais alto dos céus e ao mais dentro de mim.

Passo tardes e manhãs se preciso for encafuada numa livraria para comprar um livro e não passo nem parte desse tempo para comprar uma só qualquer peça de roupa, pois aí sou muito mais prática, mas para mim livros são assunto sério!

É com eles que converso nos momentos "mais" e também nos momentos "menos". Encaro um livro como um amigo, com o respeito e a consideração que merece! Com eles aprendo tantas e tantas coisas! Com eles atenuo muitas das minhas neuras e é neles que deposito toda a confiança para em qualquer recanto transcrever um segredo, um pensamento (quando empresto um livro, claro que corro sempre o risco de que alguém os veja, mas também como só os empresto a amigos mais íntimos, não tem problema, pois com esses partilho os meus maiores segredos).
Todos os meses compro livros. Já nem sei onde os arrumar. A questão logística está a ficar complicada de se resolver, a verdade é esta!

Os livros que leio hoje não são os que certamente li há 2 ou 3 anos.. Porque tal como os livros, que mudam de mão em mão, também nós mudamos os nossos hábitos e assuntos de leitura.
Um livro, um canal de sabedoria que tão subtilmente nos embala a cada letra, a cada palavra, a cada página.

Hoje as compras, mais uma vez foram abundantes. E, claro! Não resiti a comprar também um cd de New Age (Reiki), que os que tenho em casa já estão roucos de tanto tocar e tocar.
Este fim de semana vou à fonte beber parte da minha energia, vou dar um "salto" a Barcelona. Estou mesmo mesmo a precisar! Fiquem bem e em paz.

Sonia

abril 15, 2008

[ hoje estou ]

Cansada, e furiosa!
Há muita gente que por aí anda, que está de mal com a vida... com a vida, com a família, com elas próprias, enfim..é um rol de coisas "boas".. E dias há, em que a minha paciência tem dificuldade em se cruzar com estas personalidades. De certeza não têm grandes problemas na vida, têm somente uma GRANDE dificuldade em viver e conviver com elas próprias, chama-se a isso insegurança e incompetência e depois vestem as "capas" mais ridículas e absurdas para o encobrirem.
Mas também nem tudo é mau e outras há que têm sempre um modo gentil e agradável de receber e de se mostrarem, tal como são, sem medos, sem pudores.
E eu, que admiro tanto um sorriso daqueles, vindos directos do coração, sem máscaras, sem receios...Já há poucos desses..Eu dou graças a Deus por viver rodeada deles.

Hoje era o dia indicado para receber uma destas.
Relax..fiquem em paz...

abril 14, 2008

[ A lei da Vida ]

A morte é somente uma maneira de mudar de roupa, mas ela não deixa de nos indignar, não deixa de nos fazer pensar em como é fugaz tudo isto que deste lado vivemos. Das preocupações que carregamos por vezes sem necessidade, porque nunca sabemos quando é o nosso momento de partir e que não vale a pena vivermos em constantes atribulações.
Neste sábado, numa acidente trágico, (divulgado pelos meios de comunicação social) faleceu uma menina de 19 anos da nossa escola, apesar de não ser minha aluna, eu iria ser a sua orientadora de estágio.

Um sorriso e uns olhos bonitos que se apagam para sempre, não se apagando o seu brilho intenso, pois esse, sim.. permanece para todo o sempre, somente longe dos olhos de quem vê, mas não dos olhos de quem sente.

Descansa em paz, querida Ana.

abril 11, 2008

{ corners of my home }

A minha casa, o meu porto seguro, são cantos de culto, que fazem da minha casa um local de rituais, trabalho e preguiças.

Bom f-d-semana;

Sonia

[ update:: Brincos ]

brincos ref. 63, 64, 65 ::Somente b65 disponível::
6.00 encantos + portes

abril 09, 2008

[ Carteira:: 24 ]

Carteira [24] com 4 bandas. Encomenda da M. J.

para mais informações, aqui

abril 07, 2008

[ Na maré de ti ]

Do fim-d-semana,

ficam algumas peças novas e algumas encomendas que tinha pendentes.

Ficou um jantar agradável com uma amiga do coração, que de entre as gargalhadas, falámos de projectos, do passado, do futuro. Falámos do quanto importante é estarmos atentos aos sinais. Agora já sabes! "Ler" os sinais é uma verdadeira riqueza, pois poucos são aqueles que o conseguem.. Já tinha saudades de estarmos sozinhas e foi bom, não foi?
__
Mor, talvez nunca a tenhas ouvido, pois por aí não se ouvem destas "coisas", infelizmente! É para mim das músicas que considero das melhores que ouvi este ano. Pela voz, pela sonoridade e pela letra, que significa muito mais do que aquilo que pode parecer à partida. Aqui, Gil do Carmo prova que não é somente o filho de um grande senhor do fado.

Do que tenho mais saudades..será que consegues adivinhar? Da covinha que fazes quando sorris, claro!

Boa semana;

[ Shop update:: brincos ]

brincos ref. 58, 59, 60, 61, 62

abril 06, 2008

[ Cinto ]

Cinto, encomenda da I.

[ pulseira + brincos ]

Sob o tema Japão (03), pulseira e brincos.
Encomenda da A.

abril 05, 2008

[ mais miminhos ]

Que me deixam sempre agradada e comovida.
Obrigada, Manela, querida. Sabes que adoro mimos e sim, sei... faltam aqui os chocolates, mas olha..são as carências e eles foram logo no dia em que chegaram ;) E eram bem bons! Mais uma vez, muito obrigada!


Mais um prendinha que amei e quem me conhece sabe que o estilo oriental, indiano começou a inundar a decoração da minha casa desde que me apaixonei pelo Yôga. Este Ôm, o mais recente foi-me oferecido pela minha querida Ana do coração, uma amiga de muitos e longos anos e que nos reencontrámos há pouco. Parece pequeno, mas é grande e é para pendurar na parede. Na nova casa, um espaço quero reservar para a minha prática de Yôga e esta peça figurará lá, concerteza.
Bom f-d-semana

abril 03, 2008

* à deriva em pensamentos *

Perco a conta à quantidade de coisas que podemos perder:
Perder a paciência,
perder a cabeça,
perder documentos,
perder-nos com um livro.
Ao crescer, perdemos a vergonha e o sentido do ridículo, acabamos perdendo a memória, a vista, o corpo, o rancor e por vezes perdemos a compostura.
Com o tempo perdemos também as manhãs, as horas, os dias e os anos. Perdemos oportunidades. Podemos perder o juízo, a confiança, a bagagem, o control, o autocarro, o comboio, o avião. Perdemos uns quilos, podemos perder alguém... inclusivé, perdemos-nos a nós mesmos. Desde que não percamos nunca a vontade de nos voltarmos a encontrar.


.....

Tenho dias em que gostava de ter abraços para todos poder abraçar. Todos aqueles que precisam de um mimo de um carinho, nada mais... e são tantos, "somos" tantos! Porque é tão fácil esticar os braços e tocar, sentir, dar e receber. Mesmo no meio dos dias em que me perco e me acho, é bom saber que cá dentro há uma chama que brilha e que se acende sempre que alguém se aproxima e diz...Que bom te ver!

abril 01, 2008

[ A lei da Vida ]

Durante 12 anos acompanhaste e partilhaste das nossas alegrias, das nossas tristezas, derrotas e victórias... Sem ti, a vida ficou nítidamente mais vazia, mais triste. De um segundo ao outro ficaste-te num sono.
Foste um companheiro de viagem, mas um dia nos encontraremos e estarás "por lá" à nossa espera. Por isso, vocês são os nossos melhores amigos.

Para sempre..adeus, Tico..