julho 12, 2008

[ um novo amanhã ]

[ foto de Paulo Madeira ]

A caminho de um novo amanhã.. livre me sinto para recomeçar.. Livre me sinto para voltar a acreditar.. livre me sinto para novos desafios.. livre me sinto para um futuro que sei que começa agora, mas não sei onde acaba, mas tudo se contrói a cada passo; à medida de cada oportunidade.. de cada respirar.
As circunstâncias às quais a nossa vida nos leva surpreendem-nos e esta é a prova de que mais uma vez nada deve ser encarado como efectivo, porque num piscar de olhos tudo muda.. num soluço aquilo que pensava ter.. já não tenho, aquilo que sentia como certo.. já não o é.
Sempre me vi a viver neste cantinho à beira mar plantado, o nosso Portugal, nem nunca (palavra esta tão forte) pensei que a minha vida passasse por outro país senão este. Nunca tive espírito de emigrante, nem nunca me fascinou tal ideia, mas chegou a hora de renascer e ver neste caminho a saída para um amanhã melhor, não por mim, mas pelo C., que tanto lutou para que assim fosse.
Ele conseguiu, estou orgulhosa! Foi duro, separados por este mar imenso que nos afastou 1 ano.

Barcelona parecia tão perto, mas tão longe quando o coração por lá está preso.
Foi um ano de crescimento a todos os níveis, a superação de medos, de angústias, de solidões não compreendidas.. um conhecimento profundo de mim ..alguém que cá estava dentro e que não conhecia.. que estava acorrentado pelos barulhos, pelas rotinas, pelas poluições sonoras que abundam quando não estamos sós.. O silêncio permitiu-me ver um "mundo" que não conhecia e que só está presente quando nos permitimos ao silêncio.. ao interior e não só.
Esta foi mais uma prova que superámos.. tu, eu.. nós. Com os muitos anos de relacionamento e vivências em conjunto, por vezes nos diluímos naquilo que outro é.. O afastamento cria dores, cria medos, cria inseguranças, mas dá-nos uma capacidade fantástica de sermos nós próprios sem nunca deixarmos de ver nos olhos do outro aquilo que sempre vimos.. nós mesmos.
Só amei uma vez na vida e é esse amor que ainda me agarra e me faz ser aquilo que sou e é o alicerce que me sustenta.
Digo e com o coração vertendo sangue, que vou.. vou por amor.. vou por ti, vou também por mim, vou por nós e por tudo aquilo que ainda temos para viver.

Deixo muito para trás, mas porque a distância é mera ilusão, tudo o que deixo, não fica, vai comigo, bem juntinho a este altar de amor que é o meu peito. Não sei o que me espera para lá deste nevoeiro, mas sei aquilo que quero, sei aquilo que tenho de atravessar, sei.. sinto-o como sinto o vento que me bate na cara em tardes de Outono, mas para lá desta correnteza forte está aquilo que mais quero.. eu e tu.. nós juntos.

26 comentários:

renato disse...

Amiga nós vamos contigo, para onde tu fores. Estamos no teu coração, assim como voçês estão no nosso.
Um beijo mmmmmmmmmuuuuuuuuuuuiiiiiiitttttooooo grande destes teus/vossos amigos, Renato e Cláudia.

Cristina disse...

Olá :-))

Vima agradecer a tua visita, obrigada!!!

Gostei de te ler, e vou voltar sempre.

Uma ótima semana para ti.

Beijo

Helena Teixeira disse...

Fazes bem :)
Fico feliz, porque sei que é lá que "estás" sempre.
Vai porque o teu coração já lá está :)

Beijooooo enormmme :)

Lena

Anonymous disse...

Resumo a isto minha AMIGA Sónia:

Vais provocar uma dôr imensa por esta distância fisica que nos vai separar.
Sei que a tua amiga já chora essa distância, vais trazer lágrimas por não estares ali... ali ao lado.
Olho hoje para ti ... "que mudança!". Muito boa, acima de tudo e já te disse... o tal conhecimento profundo de ti, essa confiança que te faltava. Sei com uma certeza que irás ter sucesso, pois já ACREDITAS!!!
Não te esqueceremos nunca!!!
Ricardo e Vânia.

Anonymous disse...

oh Sonia, não acredito :( Vais embora? Quando? Já? Mas este espaço vai continuar, não vai? Só pode continuar. Já não passo um dia sem "cá" vir. Conta-me, manda-me um mail.

Vanda

Anonymous disse...

Sónia, não posso crer! Vais-nos deixar? Não..diz-me que isto é brincadeira :OOOOO nãooooo

vou mandar-te email.

abraço forte, Marta

Ana Barrinha disse...

Olá Sónia todas as semanas leio as tuas croniquetas, fazem bem à alma. Sê muito feliz nesta tua nova caminhada. São as pequenas surpresas da vida.

Uma ganda bjufa da ana

Sara Cardoso disse...

Olé, Soinita. Venho aqui todas as semanas, religiosamente ler-te, apesar de nunca ter comentado, adoro tudo aquilo que escreves e tem-me ajudado em alguns momentos menos bons da minha vida. obrigada por tudo isso e pelas sensações que me causas ao ler cada frase, cada texto teu. Fiquei triste ao saber que vais para tão longe, mas é bom, pois vais viver para o pé do teu grande amor. Espero um dia amar e ser amada assim. Continua a escrever, pois continuarei a aqui vir todos os dias..comtemplar-te

um abraço

Sara

alface disse...

Como eu sei o que isso é.. já passei pelo mesmo, mas tenho a dizer que não me arrependo :) na vida não devemos pensar demasiado nas nossas decisões, "vai onde te leva o coração" é o meu conselho :) há que tentar ver sempre o lado positivo das coisas e não encarar a mudança como para sempre, porque de hoje para amanhã estás de volta e olhar para trás com saudades da vida que vais ter em Barcelona ;)
É sempre boa a mudança.. principalmente quando se vai para ao lado do nosso grande amor :)
Não esquecer que hoje em dia existem as autoestradas, os emails, os telemóveis, aviões, webcams, que nos fazem sentir mais perto dos amigos, da familia, dos lugares de sempre.
Fica bem.. Felicidades..

Ana, dona do café disse...

Olá Sónia,
Vim cuscar o teu blog (super engraçado!! tá um máximO!) e dizer que as tuas criações são giríssimas!!! Apaixonei-me pelas carteiras, pulseiras...tudo um espectáculo! :)
Beijinhos!

alface disse...

Esqueci-me de te dizer uma coisa, lê o livro "Alguém mexeu no meu queijo" é um livro que se lê super bem e fala na adaptação à mudança, é muito giro e acho que se adpta muito bem à tua situação :)

Ana Isa disse...

As suas palavras têm uma força inimaginavel que vem do seu eu..força k é só sua...por isso coragem e um obrigado a tudo aquilo que partilha aqui...porque é nas suas que me revejo muitas vezes e é a elas que me agarro para seguir em frente e ter mais força muitas vezes.
Beijinho e boa sorte!!
Ana Isa

CARPE DIEM disse...

Meia dúzia de palavras só para desejar tudo de bom para os dois e expressar o meu desejo para que continues a mostrar-nos os teus trabalhos e a tua alma... ler os teus textos é realmente fabuloso, nem toda a gente consegue escrever com o coração... Parabéns!

::: Sonia ::: disse...

Fico realmente comovida com a vossa honestidade e carinho.
Claro que continuarei por cá, o Atelier faz parte de mim e estará comigo onde eu estiver.
Grata, amigos; grata, visitantes; grata a quem me visita e faz deste canto também o seu canto. O meu sempre obrigada, sem vós isto não faz o menor sentido. E sim, Carpe Diem, para mim, só faz sentido se me demitir da razão e só escrever com a alma...Esta que não omite, esta que escreve aquilo que está certo ou incerto.. pura e simplesmente diz..sem censuras e sem receios. Beijo para todos..no coração..claro ;) Sonia

Sandra Carmo disse...

Gosto muito de ti Sonia e deste cantinho que também sinto como meu. Passo cá sempre e continuarei a passar. És forte e vais conseguir. Vais ver :)

Sandrinha

A margarida curiosa disse...

Boa sorte!!! Vai ficar tudo bem com teu amor ao lado. bjinhos e fica com Deus

Carolina disse...

olaré. Barcelona. Que inveja. Olha que eu também ia, hein.. Agora a sério, vais ver que vais gostar e que tudo vai correr pelo melhor.

Beijocas.

Carolina

Daniel Aladiah disse...

A separação, às vezes, ajuda a solidificar uma relação. Ainda bem que vocês conseguiram manter o amor vivo.
Um beijo
Daniel

Su disse...

vim atras das palavras deixadas no xanax, gostei deste teu canto
gostei da lucidez na escrita
e da coerencia de sentimentos
voltarei....
um beijo e força, toda, sempre


jocas maradas

Sandra Daniela disse...

Olá! Vim agradecer a tua visita e o comentário! voltarei com mais calma...


P.S:- Já "cusque" as tuas obras de arte... Adorei!!!

macati disse...

olha lá, isto nao quer dizer k vais largar o blog pois nao? humpf... aiaiai...
:)

::: Sonia ::: disse...

Clao que não, Manelita..estarei sempre por aqui ;)

Catarina Alves disse...

linda Sonia, és um furação de força; vê-se por aquilo que transmites pelas tuas palavras e vir aqui a este espaço faz-me sempre muito bem à alma. Continua assim, vás tu para onde fores; Budapeste, Kosovo,África.

liliana_lourenco disse...

Olá Sónia!

Então pelo que li vais-te embora. Espero que corra tudo bem (vai correr de certeza) e que tires o maior proveito deste desafio.

Vai relatando por aqui como está/irá correr a experiência. :)

Nada de 'vazios'. É altura de te encheres de novas ideias e pensamentos positivos!!
Boa sorte! :)

Beijinhos!

**

Senhora Borboleta disse...

Olá Sónia,

Ainda bem que vais para ao pé de quem gostas.
Na vida tudo é feito de prioridades e opções, que tem de ser tomadas por mais que custem.

Tenho certeza que vais adorar viver em BCN, eu se pudesse tinha lá ficado, mas o meu amor estava cá!

Beijinhos

Santhiago Ramirez disse...

Linda demonstração de amor, é bom ler dessas coisas, pois andam em falta no mundo.
Obrigado por sua visita lá no meu canto.